Plásticos descartáveis: está #ReadyToChange?

A vida passa tão rapidamente que nem sempre temos tempo para pensar nas pequenas escolhas diárias que fazemos - como usar uma chávena de café descartável com uma tampa de plástico ou aceitar uma palhinha com a nossa bebida.

43% de todo o lixo marinho que polui os nossos oceanos é composto por apenas 10 tipos de objetos de plástico descartáveis; recipientes para alimentos, copos e tampas de bebidas para levar, cotonetes, talheres (incluindo palhetas, misturadores e palhinhas), balões e hastes, embalagens e invólucros, garrafas, beatas de cigarros, produtos sanitários e sacos de compras. Logo que terminamos a utilização destes produtos, acabam no mundo natural; chegam com a maré às nossas praias ou mergulham nos oceanos. Este lixo tem um impacto negativo nos ecossistemas, na biodiversidade e até na saúde humana.

Isto não pode continuar. Temos de estar preparados para mudar a forma como pensamos no plástico descartável.

O que é a campanha contra a utilização de plásticos descartáveis?

Para promover o conhecimento de alternativas sustentáveis aos produtos de plástico descartáveis, a Comissão Europeia lançou a 5 de junho de 2018 uma campanha de comunicação pública. Começou com o Dia Mundial do Meio Ambiente, que este ano teve o tema "Combate à poluição causada pelo plástico". A campanha concentra-se no impacto causado por diferentes tipos de plásticos descartáveis, realçando alternativas sustentáveis, disponíveis e acessíveis que formam a chave para enfrentar o problema.

A campanha coloca em destaque diferentes categorias de objetos de plástico descartáveis, incluindo cotonetes, sacos de compras, copos para café e respetivas tampas, palhinhas, talheres, pauzinhos de chupa-chupas e invólucros de doces e garrafas de plástico.

Quem é o público-alvo?

A campanha destina-se a jovens adultos dinâmicos que estão sempre em movimento. Tal como já foi demonstrado por vários relatórios, estudos e inquéritos de opinião, incluindo um estudo do Eurobarómetro, a grande maioria dos elementos deste grupo está bem ciente e preocupa-se com o impacto que os plásticos descartáveis têm no meio ambiente, bem como com os riscos relacionados com a saúde causados pelos resíduos de plástico e o lixo marinho.

Mas, apesar do nível de conhecimento entre o público-alvo, isto não se converte na mudança das suas escolhas diárias: continuam a saborear os seus cafés para levar e a utilizar palhinhas nas suas bebidas. As muitas campanhas e imagens que mostram o impacto dos plásticos descartáveis na vida marinha não os convenceram a deixar de usar estes objetos. Precisam de outro incentivo - um argumento mais convincente.

O que envolve a campanha?

A campanha contra a utilização de plásticos descartáveis utiliza uma abordagem de três passos para envolver o público. Envolve:

  • um vídeo, que desafia a perceção comum dos plásticos descartáveis como objetos práticos e serve de convite a saber mais sobre a campanha.
  • conteúdos para as redes sociais partilháveis que apresentam os poderes de "sedução" dos objetos de plástico descartáveis – os seus rituais de corte – e oferecem sugestões e conselhos sobre como resistir aos seus poderes de atração.
  • uma plataforma web informativa, que está no coração da campanha e oferece uma perspetiva geral das ações e iniciativas da UE que visam a resolução do problema dos plásticos.

Todos os elementos da campanha convidam os cidadãos europeus a refletir sobre a sua relação com os plásticos descartáveis e a saber mais sobre alternativas sustentáveis.

A secção de RP da campanha fornece elementos como um pacote de imprensa, elementos gráficos relevantes e fichas de dados.

A campanha dirige-se a todos os europeus, com muitos elementos em todas as línguas oficiais da UE. Foca-se especialmente nos seguintes Estados-Membros alvo da UE: Bulgária, Grécia, Itália, Polónia, Portugal, Roménia e Espanha e todos os materiais estão disponíveis nos idiomas destes países.

Qual é o contexto da campanha?

A iniciativa de combate aos plásticos descartáveis faz parte da agenda da Economia Circular mais abrangente da UE, incluindo a primeira Estratégia para o Plástico do mundo: uma iniciativa ao nível da UE para fomentar o conhecimento sobre os resíduos de plástico e sobre a nossa transição para uma economia circular mais sustentável. A campanha de promoção do conhecimento foi lançada para acompanhar e promover novas medidas para enfrentar o problema na sua raiz, incluindo metas de redução e recolha, obrigações para os produtores e medidas que fomentem o conhecimento.